Artigos

ENFRENTANDO A DEPRESSÃO

“Por que está abatida, ó minha alma?” (Sl 42:5)
Poucas coisas podem ser mais tristes do que um cristão deprimido. É possível até aceitar com mais facilidade que uma pessoa sem o conhecimento de Deus esteja dominada pela tristeza, desesperança e desânimo. Sem Deus não há sentido na vida e não há esperança para o futuro. Mas quando alguém redimido pelo sangue de Cristo, adotado como filho de Deus, selado pelo Espírito Santo, começa a se sentir deprimido, então isso é realmente algo muito triste.
Mesmo assim, a depressão em cristãos é muito comum. Muitas vezes ela é provocada por perdas irreparáveis, decepções emocionais, enfermidades crônicas, colapso financeiro, incapacidade de resolver problemas e, muitas vezes, pecados não confessados. A depressão pode muito bem ser descrita com um buraco profundo de onde a pessoa não consegue sair. Mas, graças a Deus, o filho de Deus não precisa ficar lá.
Para enfrentarmos a depressão é preciso, em primeiro lugar, ser honestos para conosco mesmos. Devemos reconhecer que passamos por esse problema. Devemos admitir a nossa situação. Negar a depressão é só uma maneira de agravá-la. Esse reconhecimento é a porta de entrada para a recuperação porque Jesus não veio para os sãos, mas para os enfermos.
Em segundo lugar, devemos perguntar à nossa alma: “Por que você está assim?”.Foi isso que o salmista fez. Na verdade, devemos identificar a causa que nem sempre está visível. Ao conversarmos com nossa alma, podemos perceber com mais profundidade o que a aflige. Quando descobrimos a causa, temos maiores possibilidades de resolver o problema.
Além disso, devemos dizer à nossa alma que confie em Deus. “Espera em Deus, pois ainda o louvarei.” É muito importante tirar os olhos de nós mesmos e olharmos para Deus. Quando fazemos isso, lembramos que Deus é bondoso, misericordioso, fiel e deseja nos abençoar porque é o nosso Pai. Ainda que o problema não se resolva imediatamente, sabemos que nosso Pai não permitirá que passemos por dificuldades que estejam além do que podemos suportar. Quando esperamos em Deus, sabemos que acima das nuvens escuras o sol brilha  e que além da tempestade há um arco-íris. Você ainda vai louvar a Deus pelo que ele vai fazer.
Por isso, espere em Deus. “Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças, subirão com asas como águias”.
Jorge Issao Noda

3 thoughts on “ENFRENTANDO A DEPRESSÃO

  1. Sábias as palavras do pastor. Entendi que a maioria das causas da depressão são externas, seculares, do mundo, porém a solução só pode ser interna, ou seja, apenas entre a pessoa deprimida e Deus. De nada adiantam o apoio de igreja, médicos ou outros irmãos. Será que entendi correto?

Deixe uma resposta

Or

O seu endereço de e-mail não será publicado.


dois × = 12